Download de games para Xbox 360!!!


    [Análise] Dungeon Siege 3

    Compartilhe

    LesKouL

    Mensagens : 30
    Data de inscrição : 31/07/2011
    Idade : 19
    Localização : Ourinhos, SP

    [Análise] Dungeon Siege 3

    Mensagem por LesKouL em Ter 02 Ago 2011, 6:13 pm


    "Dungeon Siege III" é um game honesto, sem enrolação, que, se não tem nenhuma característica marcante, também não se nota defeitos graves. O visual e a trilha sonora são o.k. e a mecânica de jogo se mostra sólida, mas o multiplayer não convence. O game é uma boa oportunidade para conhecer o gênero 'dungeon crawler', já que é uma variante razoavelmente simples. A verdade é que esse tipo de jogo é raro atualmente, mas quem tiver PC ou Xbox 360 terá melhor experiência com "Torchlight".

    Até agora, a franquia "Dungeon Siege" sempre foi lembrada como um título para PC, mas, com a terceira encarnação, virou um título multiplataforma, estreando nos consoles. Assim, o PlayStation 3 e o Xbox 360 ganham mais uma opção do gênero 'dungeon crawling', ou seja, de exploração de cavernas à la "Diablo", mas os amantes do teclado e mouse não tem muito que comemorar, pois os videogames ditaram as mudanças na fórmula da franquia (principalmente no que se refere a controles).

    PONTOS POSITIVOS
    Mecânica de combate

    O sistema de batalha é um dos pontos nevrálgicos do gênero e, nesse aspecto, "Dungeon Siege III" sai aprovado. A fluência das animações não é das melhores e existem poucos golpes básicos e habilidades especiais (são seis "skills" de ataque e três de defesa). Porém, essas opções restritas são valorizadas pelo fato de os golpes serem bem diferentes uns dos outros.
    Na maior parte do tempo, as lutas são puro esmagamento de botões, mas, de vez em quando, aparecem inimigos mais fortes - como os chefes de fase -, que exigem um pouco mais de estratégia. Felizmente, existem habilidades poderosas e cada personagem - são quatro no total - possui duas posturas de combate. Combinados com as habilidades, todos os personagens são capazes de atacar tanto de perto quando a distância.
    Recompensas
    O legal desse tipo de jogo são os itens que se adquire lutando e abrindo baús. Não há poções e outros tipos de consumíveis em "Dungeon Siege III", e quase tudo que se obtém são armas e equipamentos de defesa. As recompensas são aleatórias e gradativamente vão surgindo itens melhores - num lance de sorte, pode até mesmo vir algo muito mais valioso que se espera. É uma pena não ter modificação de itens, uma função comum nesse tipo de jogo.
    Tem um pouco de história
    O enredo não chega a ser elaborado, mas como esse tipo de jogo não costuma se preocupar com esse tipo de detalhe, "Dungeon Siege III" ganha pontos. Há um sistema de diálogo que até lembra o de "Mass Effect", com opções num menu circular, mas são poucas as escolhas que influenciam no enredo. Quem realmente se interessar pela história, todas as informações garimpadas ficam disponíveis numa opção própria.
    Sistema de navegação
    Para evitar frustrações, o game conta com um sistema que acompanha cada passo da missão, indicando na própria tela para onde o jogador precisa seguir para cumprir os objetivos.

    PONTOS NEGATIVOS
    Desenvolvimento de personagem

    As opções para melhorar cada um dos quatro personagens são muito limitadas. Nada de "árvore de habilidades" ou coisas desse tipo: são apenas nove "skills" e dez "talentos", nada mais, nada menos. Enfim, se por um lado não se quebra tanto a cabeça para definir o rumo do desenvolvimento, por outro, há pouca margem para diferenciações. Também, muito pouco é revelado dos protagonistas, e não cria empatia com o jogador.
    Multiplayer restrito
    "Dungeon Siege III" é um tipo de jogo que fica mais divertido jogando em grupos, mas vários problemas deixam o jogador em dúvidas na hora de abrir para partidas coletivas, principalmente com estranhos. Primeiro, somente o "dono" da partida avança no enredo. Os convidados, além de não poderem usar seus próprios personagens, não levam nada para suas partidas - o único incentivo são apenas alguns troféus e conquistas.
    Além disso, o "host" se arrisca a perder dinheiro e itens, já que qualquer outro jogador poderá acessar as lojas. Assim, quem realmente quiser se aventurar no modo multiplayer, é recomendável que se abre uma partida privada, apenas com conhecidos. Com quatro jogadores, apesar da liberdade de movimentos, os combates ficam mais fáceis.
    Aventura curta
    O antecessor tinha uma campanha de 40 horas, mas "Dungeon Siege III" fica em torno de 12 horas, isso incluindo as principais missões secundárias. O tempo menor é também consequência do ótimo sistema de navegação, que evita bater pernas à toa.

    Fonte: Uol Jogos

      Data/hora atual: Qua 07 Dez 2016, 11:22 am